segunda, 12 de abril de 2021

Viagens de autoconhecimento


Viagens de autoconhecimento

“Na vida é preciso ter coragem e enfrentar o desconhecido”, diz uma colega ao protagonista de A Vida Secreta de Walter Mitty, que está hesitante em partir rumo ao Himalaia para resolver uma pendenga da revista em que trabalham. Justo ele, que só viaja de mentirinha nas fantasias delirantes da sua mente.

Já a recém-divorciada Frances ganha da melhor amiga uma viagem para a Itália em Sob o Sol da Toscana, mas faz bem mais do que turistar. “Eu comprei uma casa para viver uma vida que ainda nem tenho, porque estou cansada de ter medo o tempo todo”, ela explica para o corretor de imóveis.

A escritora Liz não precisa de empurrão de ninguém. Ela mesma decide dar um tempo entre Itália, Índia e Bali para Comer, Rezar, Amar. “Toda a minha enorme sede de vida desapareceu. Quero ir a algum lugar onde eu possa me maravilhar com alguma coisa”, Liz justifica para sua editora.

Enquanto a humanidade está de castigo em casa na pandemia, que tal se maravilhar com as jornadas de descoberta do mundo e de si mesmos de Walter, Frances e Liz? Pegar uma carona na viagem deles pode trazer algo mais além do prazer de (re)ver lindas paisagens e (re)viver outras culturas.


Comédia Romântica Romance
Sob o Sol da Toscana/Under the Tuscan Sun

Sob o Sol da Toscana/Under the Tuscan Sun

A escritora e crítica literária Frances (Diane Lane, Paris Pode Esperar) está no auge de seus 35 anos, linda, casada e bem-sucedida. Mas um comentário maldoso de um autor ressentido com uma crítica negativa acaba levando-a a descobrir a traição do marido, ao divórcio e à depressão. Para ajudá-la, sua melhor amiga Patti (Sandra Oh, a série Killing Eve) lhe dá uma viagem de presente para a Toscana. Na Itália, sua vida vai mudar da água para o vinho. 

Livremente inspirado no romance homônimo de Frances Mayers, Sob o Sol da Toscana é um filme adorável, daqueles que até melhoram com a passagem do tempo. E olha que muito antes do movimento #MeToo, a produção reúne um empoderado quinteto feminino: a autora do livro, a roteirista (O Ódio que Você Semeia) e diretora Audrey Wells, e as atrizes Diane Lane, Sandra Oh e Lindsay Duncan (Um Laço de Amor), que dão um brilho especial às suas personagens. O livro narra originalmente as delícias e as dificuldades de um casal norte-americano com a restauração de uma casa antiga e nada conservada em Bramasole (em português, algo que anseia pelo sol), na Toscana.

A adaptação povoa a história com personagens secundários (o corretor de imóveis é meu favorito) e subtrai o marido da equação, o que dá ao filme o charme e a pungência das tramas sobre segundas chances. Pois Frances compra o casarão, contrata uma equipe de simpáticos operários poloneses para a reforma, aprende a suculenta culinária local, e conhece os vizinhos, Katherine (Lindsay Duncan) e o sedutor Marcello (Raoul Bova, O Segredo dos Anjos). Patti entra na dança e vem visitar a amiga após ser abandonada nos últimos meses de gravidez pela esposa, em mais um traço inclusivo da produção.

Para os cinéfilos, Sob o Sol da Toscana reserva ainda preciosidades, como a constante citação de Federico Fellini por Katherine, que inclusive imita o famoso banho na Fontana de Trevi, eternizado por Anita Ekberg no clássico A Doce Vida. E o que dizer da comovente e raríssima participação especial, não creditada, de outro grande cineasta italiano, Mario Monicelli (Os Companheiros), que fecha o filme como se abençoasse não apenas a nova vida de Frances, mas também o caloroso modo de ser italiano.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Sob o Sol da Toscana/Under the Tuscan Sun
Direção: Audrey Wells
Duração: 113 minutos

País de Produção/Ano: EUA/Ítália, 2003
Elenco: Diane Lane, Raoul Bova, Sandra Oh, Lindsay Duncan, Pawel Szajda, Vincent Riotta, Mario Monicelli
Distribuição: Touchstone Pictures


Assista Agora!
Youtube Vivo Play Telecine Play iTunes Google Play

Aventura Comédia Dramática
A Vida Secreta de Walter Mitty/The Secret Life of Walter Mitty

A Vida Secreta de Walter Mitty/The Secret Life of Walter Mitty

Steve Conrad é o roteirista de filmes edificantes como ExtraordinárioÀ Procura da Felicidade e O Sol de Cada Manhã - O Homem do Tempo. Foi dele a ideia de fazer uma nova adaptação do clássico conto The Secret Life of Walter Mitty, escrito pelo norte-americano James Thurber em 1939 e levado aos cinemas em 1947, como O Homem de 8 Vidas. É a história de um sujeito simples que sonha acordado em meio às tarefas do seu cotidiano em uma cidade de Connecticut.

Foi preciso uma boa dose de imaginação para chegar ao Walter Mitty modernizado do filme estrelado e dirigido por um inspirado Ben Stiller (Zoolander), menos satírico do que o habitual. O tímido, sonhador e sistemático Mitty é chefe do departamento de negativos da redação da revista Life. Ele vai precisar superar todos os seus medos e embarcar numa inesperada viagem até os confins do Himalaia, em busca do misterioso fotógrafo Sean O'Connell (Sean Penn, O Gênio e o Louco), autor da imagem que vai estampar a capa da última edição impressa da publicação. Além disso, quer impressionar a colega de redação Cheryl (Kristen Wiig, Perdido em Marte) e agradar a mãe (a sempre divina Shirley MacLaine, A Última Palavra) e a irmã (Kathryn Hahn, Perfeita é a Mãe).

A Vida Secreta de Walter Mitty primeiro apresenta a rotina do metódico e solitário protagonista, ridicularizado por um chefe detestável (Adam Scott, Filhos do Divórcio), e ainda transforma seus delírios em cenas divertidas nas quais é um herói destemido e sedutor. Depois, acompanha a viagem atrás do fotógrafo, mas na verdade Mitty está à procura de si próprio.

Nesse emaranhado de sonho e realidade, Ben Stiller deita e rola na inserção de imagens e hits da cultura pop, e crias verdadeiras montagens esteticamente impactantes. Há até efeitos especiais bem cuidados, e as paisagens são deslumbrantes. O que mais encanta, porém, é ver Walter Mitty sair da zona de conforto e desbravar o desconhecido, para finalmente encarar o desafio de viver a realidade com os pés fincados no chão. Algo que talvez todos nós tenhamos de aprender ao abrir as portas de nossas casas para o novo mundo pós-pandemia.

 




Trailer

Ficha Técnica

Título: A Vida Secreta de Walter Mitty/The Secret Life of Walter Mitty
Direção: Ben Stiller
Duração: 114 minutos

País de Produção/Ano: Reino Unido/EUA, 2013
Elenco: Ben Stiller, Kristen Wiig, Jon Daly, Kathryn Hahn, Adam Scott, Sean Penn, Shirley MacLaine
Distribuição: 20th Century Studios


Assista Agora!
Telecine Play Google Play Youtube iTunes Looke NET NOW Vivo Play

Drama Romance
Comer Rezar Amar/Eat Pray Love

Comer Rezar Amar/Eat Pray Love

Por Suzana Uchôa Itiberê

Faz exatos 10 anos que Julia Roberts fez uma turística sessão de autoajuda em Comer Rezar Amar, adaptação do best-seller autobiográfico de Elizabeth Gilbert, que vendeu mais de 10 milhões de exemplares. Recém-divorciada e em um novo romance sem futuro, a protagonista Liz decide sair pelo mundo atrás de si mesma. Em fase de isolamento pelo coronavírus, muita gente tem aproveitado o tempo para meditar e refletir. O filme explora as mudanças de paradigma de que tanto falam os livros de autoajuda.

O atrativo do processo é que Liz segue um roteiro com três paradas: Itália, Índia e Bali. Na última, pretende rever o xamã que havia previsto profundas mudanças em sua vida. Não faltam fases de efeito, como “A ruína é o caminho que leva à transformação”, ou “Para chegar ao castelo é preciso passar pelo poço”, mas Julia Roberts tem carisma de sobra para tornar a jornada palatável.

Belamente filmado por Ryan Murphy, criador de séries como Glee e American Horror StoryComer Rezar Amar segue basicamente a ordem do título. A atriz disse ter engordado mais de quatro quilos na temporada entre Roma e Nápoles, à base de apetitosas macarronadas, pizza e sorvete. Na Índia, a personagem pena para se concentrar na meditação e ainda faz amizade com um americano (o ótimo Richard Jenkins, de A Forma da Água ) cuja história é bem mais triste que a sua. Na paradisíaca Bali, chega a hora de amar...

Ao som de “Samba da Benção”, na voz de Bebel Gilberto, e “Wave” e “S’ Wonderful”, cantadas por João Gilberto, Liz se apaixona pelo brasileiro Felipe, interpretado pelo espanhol Javier Bardem (Todos Já Sabem). Pois é, não faltaram críticas ao sotaque português de Portugal do ator. Assim como Julia, porém, o astro conta com seu charme para compensar um roteiro adocicado e convencional. Nesse período em que viajar está fora de cogitação, um filme como esse vira um programão.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Comer Rezar Amar/Eat Pray Love
Direção: Ryan Murphy
Duração: 133 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2010
Elenco: Julia Roberts, Billy Crudup, James Franco, Viola Davis, Javier Bardem, Richard Jenkins
Distribuição: Sony Pictures


Assista Agora!
Netflix NET NOW Looke iTunes Google Play Vivo Play

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!