quinta, 25 de fevereiro de 2021

Christopher Plummer: Para sempre...


Christopher Plummer: Para sempre...

Essa lista foi criada originalmente em 13 de dezembro de 2019, quando Christopher Plummer completou 90 anos, com a chamada 90 e com tudo!

Hoje, 5 de fevereiro de 2021, choramos sua morte, aos 91 anos - muito bem vividos. E aqui está ele, em quatro momentos inesquecíveis: os recentes Entre Facas e Segredos, Todo o Dinheiro do Mundo e Limites, além do clássico musical A Noviça Rebelde (1965), vencedor de cinco Oscar. 

Um legado maravilhoso. 


Comédia Policial
Entre Facas e Segredos/Knives Out

Entre Facas e Segredos/Knives Out

Não é preciso mais que alguns minutos para se dar conta de que o diretor e roteirista Rian Johnson (Star Wars: Os Últimos Jedi) é fã incondicional de Agatha Christie e seu clássico romance de mistério Assassinato no Expresso do Oriente – adaptado há pouco por Kenneth Branagh. O próprio Johnson descreve Benoit Blanc, interpretado por Daniel Craig, como um Poirot americano, em referência ao célebre detetive inglês Hercole Poirot, o mais popular dos personagens da Dama do Crime.

Talvez seja exagero chamar Entre Facas e Segredos de uma homenagem subversiva, mas é quase. A polidez e sutileza britânica são substituídas por um humor jocoso e tipos caricatos. É justamente desse gingado ianque que vem o frescor da produção, que concorre a três Globos de Ouro: melhor filme comédia ou musical, ator (Daniel Craig) e atriz (Ana de Armas). O desfile de astros e estrelas também ajuda. Christopher Plummer vive o renomado autor de livros de mistério Harlan Thrombey, encontrado morto na noite em que celebrou seus 85 anos em um jantar em família. A polícia trabalha com a hipótese de suicídio. Vai saber...

Dois policiais interrogam todos que estavam na mansão na ocasião, dos filhos à enfermeira, Marta (Ana de Armas), uma jovem querida pelo clã, mas nem tanto. Um homem observa o interrogatório na penumbra. É o detetive particular Benoit Blanc, contratado por um anônimo para juntar as muitas peças soltas desse tabuleiro. Até segunda ordem, todos são suspeitos. Cineasta meticuloso, Johnson arma uma narrativa engenhosa que transita entre os personagens, revela as razões de cada um para matar o patriarca, para em seguida confundir o espectador que acreditava ter matado a charada.

Cenários e direção de arte são primorosos e nem poderia ser diferente. Há pistas por todos os cantos. A grandiosa escultura de facas da sala de estar é tão sugestiva quanto os arredores do casarão, por onde dois cachorros policiais se movimentam ativamente. Entre Facas e Segredos alcançou 97% de aprovação no site Rotten Tomatoes. Será que Johnson acertou a mão?




Trailer

Ficha Técnica

Título: Entre Facas e Segredos/Knives Out
Direção: Rian Johnson
Duração: 130 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2019
Elenco: Christopher Plummer, Daniel Craig, Chris Evans, Ana de Armas, Jamie Lee Curtis, Don Johnson, Michael Shannon, Toni Collette
Distribuição: Paris Filmes


Assista Agora!
Vivo Play Looke Google Play iTunes Youtube

Drama Policial
Todo o Dinheiro do Mundo/All the Money in the World

Todo o Dinheiro do Mundo/All the Money in the World

Eram 3 horas da madrugada de 10 de julho de 1973, quando o adolescente de 16 anos foi sequestrado na Piazza Farnese, em Roma. John Paul Getty III era um dos netos do magnata do petróleo J. Paul Getty, na época o homem mais rico do mundo. Só que o vovô “Tio Patinhas” se recusou a pagar o resgate de US$ 17 milhões. Esse é um dos focos de Todo o Dinheiro do Mundo, de Ridley Scott. O outro ponto é a controversa substituição de Kevin Spacey por Christopher Plummer quando as filmagens estavam praticamente terminadas. No meio do terremoto das acusações de assédio sexual contra o astro de House of Cards, o cineasta achou mais seguro refilmar todas as cenas do personagem a arriscar ter seu filme boicotado por público e mídia. Assim foi feito e a indicação ao Oscar de Plummer como coadjuvante é prova de que Scott estava certo, pois o ator era sua escolha original.

O filme é bom, não ótimo. Há uma frieza incômoda, que mantém o público distanciado a ponto de não criar empatia e nem se deixar cativar pelos personagens. Michelle Williams, que interpreta Gail, a mãe do rapaz, é excelente atriz dramática, mas Scoot parece puxar o freio nas cenas mais densas, talvez para evitar o melodrama. Só que a emoção dessa mãe é comedida demais para a gravidade da situação. Mark Wahlberg faz a sua parte como um ex-agente da CIA enviado pelo vovô mesquinho para ajudar Gail nas investigações. Um dos acertos do roteiro é não forçar a barra e forjar um romance entre eles.

No cativeiro em uma região montanhosa, Getty III (vivido por Charlie Plummer, sem parentesco com o veterano) tem o apoio de um dos criminosos, de codinome Cinquanta (Romain Duris), e esse é o personagem mais autêntico da história. Não dá para colocar Todo o Dinheiro do Mundo no patamar de Blade Runner, Caçador de AndroidesGladiador ou Alien, O Oitavo Passageiro. Há uma sequência impressionante, que mudou os rumos do sequestro, mas o único momento realmente catártico tem Plummer no melhor estilo Cidadão Kane, com Getty transtornado pela dor. O filme é dele. 




Trailer

Ficha Técnica

Título: Todo o Dinheiro do Mundo/All the Money in the World
Direção: Ridley Scott
Duração: 132 minutos

País de Produção/Ano: Reino Unido/EUA/Itália, 2017
Elenco: Michelle Williams, Christopher Plummer, Mark Wahlberg, Romain Duris, Charlie Plummer, Timothy Hutton
Distribuição: Diamond Films


Assista Agora!
Youtube Google Play iTunes

Comédia Dramática
Limites/Boundaries

Limites/Boundaries

Christopher Plummer completou 90 anos de idade em 13 de dezembro. Em 2017, o ator substituiu de última hora Kevin Spacey (acusado de assédio) no elenco de Todo o Dinheiro do Mundo e cravou uma indicação ao Oscar de coadjuvante. Plummer não para e marca tem feito pelo menos um filme por ano. Limites é um dos mais recentes, produção da Sony Classics, dona de um catálogo de obras diferenciadas como Ella e John e Desobediência

A comédia dramática dirigida por Shana Feste traz Plummer novamente inspiradíssimo. Ele é Jack, o pai da protagonista, Laura (Vera Farmiga, em grande atuação). A relação entre eles é péssima. Ela não supera a falta de atenção que a traumatizou desde a infância, e agora se recusa a atender os telefonemas dele. A sensação de abandono tem uma consequência inusitada: Laura não pode ver um animal largado na rua que pega para si.

Quando Jack é expulso do lar de idosos, ela não tem outra escolha a não ser transportá-lo até a casa da irmã, em São Francisco – o filho adolescente (Lewis MacDougall) vai de passageiro. Limites é um típico road movie e a cada parada o relacionamento passa por novas provas. Um dos pit stop, por sinal, é na casa do ex-marido de Laura (Bobby Cannavale, de O Irlandês), que é tão ou mais picareta que Jack.

Um detalhe: Laura não sonha que na bagagem do pai há US$ 200 mil em maconha, que ele pretende despachar para clientes pelo caminho. É previsível, verdade, mas lança um olhar terno sobre os sempre complicados laços familiares, e tem um elenco nota 10, com participações especiais de outros astros veteranos, como Christopher Lloyd e Peter Fonda, morto em 2019. 

 




Trailer

Ficha Técnica

Título: Limites/Boundaries
Direção: Shana Feste
Duração: 104 minutos

País de Produção/Ano: EUA/Canadá, 2018
Elenco: Vera Farmiga, Christopher Plummer, Lewis MacDougall, Christopher Lloyd, Bobby Cannavale
Distribuição: Sony Pictures


Assista Agora!
Looke iTunes Google Play

Musical
A Noviça Rebelde/The Sound of Music

A Noviça Rebelde/The Sound of Music

A britânica Julie Andrews conquistou o Oscar de melhor atriz por Mary Poppins, e no ano seguinte uma indicação na mesma categoria por A Noviça Rebelde, dois dos musicais mais clássicos e aclamados da história de Hollywood. A atriz celebra hoje 85 anos com uma nova e aguardada série de época anunciada na Netflix, baseada na saga de livros de Julia Quinn, Os Bridgertons. Parabéns para Julie!

Nestes tempos de pandemia e ameaças obscurantistas, que tal (re)visitar o alto astral e a coragem com que A Noviça Rebelde tratou, sem perder a seriedade, de tempos sombrios na Europa, em especial na Áustria, dos anos 1930, em plena ascensão nazista? Indicado a 10 estatuetas, vencedor de 5 prêmios Oscar nas categorias de melhor filme, direção para Robert Wise (Amor, Sublime Amor), som, montagem e trilha sonora adaptada, o filme pouco envelheceu e nada perdeu do encanto e vigor, um tanto açucarados, que conquistaram o público desde o seu lançamento há exatos 55 anos e continuam cativando as novas gerações.

Quem duvida é só conferir as agências de viagem em todo o mundo especializadas no pacote para visitar os locais de filmagens do musical blockbuster, em Salzburgo, na Áustria. E quem nunca experimentou uma pink lemonade e se sentiu transportado para a varanda da mansão dos Von Trapp. Aliás, a família existiu, inclusive a inesquecível Maria (Julie Andrews), noviça sem vocação que arrebatou, para o pesar da elegante e casadoira baronesa (Eleanor Parker, Melodia Interrompida), o coração do sisudo e viúvo capitão Von Trapp (Christopher Plummer) e de seus sete filhos.

O famoso musical da Broadway inspirou-se na produção alemã A Família Trapp (1956), creditando o roteirista George Hurdalek. A adaptação do libreto para o cinema ficou a cargo de Ernest Lehman (Alô, Dolly!O Rei e Eu), com as canções marcantes da dupla Richard Rodgers e Oscar Hammerstein II (Oklahoma!), como "Edelweiss", "Do Re Mi" e a música que dá o título original do filme, "The Sound of Music".

Se o elenco, inclusive infantil, enche a tela com Julie e Christopher Plummer em destaque, é a direção do grande Robert Wise que orquestra o ritmo e a magnitude da transposição da história dos palcos para a acolhedora, verdejante, medieval e rural Salzburgo. Os travellings panorâmicos que abrem e fecham o filme dizem muito do que se conta entre um e outro, desde o romance inesperado à família que se refaz enquanto seu país se desfaz. 




Trailer

Ficha Técnica

Título: A Noviça Rebelde/The Sound of Music
Direção: Robert Wise
Duração: 172 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 1965
Elenco: Julie Andrews, Christopher Plummer, Eleanor Parker, Richard Haydn, Peggy Wood, Charmian Carr, Nicholas Hammond, Duane Chase, Angela Cartwright, Kym Karath
Distribuição: 20th Century Fox


Assista Agora!
Disney Plus

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!