quinta, 13 de junho de 2024
Lista

Festival Varilux: a nata do cinema francês


Festival Varilux: a nata do cinema francês

O Festival Varilux é um presente para os amantes do cinema francês. A 14ª edição vai até 22 de novembro e a seleção traz nada mais nada menos que o vencedor da Palma de Ouro em Cannes, Anatomia de Uma Queda. Dirigido por Justine Triet, o drama de suspense tem a alemã Sandra Hüller como uma mulher acusada da morte do marido. A única testemunha é o filho cego do casal. Como o longa chega aos cinemas brasileiros só em 2024, os mais ansiosos podem assisti-lo em mais de 40 cidades durante o Varilux.

A curadoria deste ano reúne 19 longas recentes e uma minissérie biográfica sobre Brigitte Bardot, que no último 28 de setembro completou 89 anos. A diva francesa também é a estrela da dupla de clássicos da programação, E Deus Criou a Mulher (1956, imagem acima), em que atua sob a batuta do então marido, Roger Vadin, e O Desprezo (1963), uma das obras mais cultuadas de Jean-Luc Godard. Não houve nenhum astro na delegação que veio apresentar seus filmes, mas a qualidade das produções está notável.

OQVER teve acesso a dois episódios da minissérie Bardot - promete! - e assistiu a mais seis filmes, todos aprovados! Nessa Lista, damos uma palinha do que cada um tem de melhor. A programação completa e os canais para a compra de ingressos estão disponíveis no site do festival. Para acessar, basta clicar no botão do festival na matéria a seguir. 


Comédia Dramática
Making Of

Making Of

Cédric Kahn (A Prece) dirige e coassina o roteiro dessa comédia cheia de ginga sobre as agruras e  venturas de se fazer e viver o cinema. Fera no humor sutil, Denis Podalydès interpreta um diretor experiente e engajado em plena filmagem da história de um operário que liderou a luta de trabalhadores para salvar uma fábrica. Os produtores querem reescrever o final, o protagonista (Jonathan Cohen) é egocêntrico e a assistente (Emmanuelle Bercot) do diretor apaga fogo o dia inteiro.

Making Of

A trama é dividida em três capítulos, que começam e terminam com uma cena crucial do filme dentro do filme. No meio do caos há um jovem roteirista e aspirante a cineasta (Stefan Crepon), que abraça a oportunidade de fazer o making of. As imagens que registra dos bastidores dá origem a um terceiro filme, um olhar sensível sobre a intimidade do realizador, cuja vida pessoal também está em frangalgos. E ainda há espaço para um improvável romance entre o rapaz e uma das atrizes (Souheila Yacoub) que, por sua vez, vive em choque com o ator principal.

Curiosidade: graças ao festival, o filme poderá ser assistido no Brasil antes da França, onde estreia em janeiro de 2024.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Making Of
Direção: Cédric Kahn
Duração: 120 minutos

País de Produção/Ano: França, 2023
Elenco: Denis Podalydès, Jonathan Cohen, Emmanuelle Bercot, Stefan Crepon
Distribuição: Bonfilm


Assista Agora!
Festival Varilux

Comédia Dramática
O Renascimento/Un coup de maître

O Renascimento/Un coup de maître

Também não falta humor na visão dos bastidores de outra arte, dessa vez a pintura. Mas a comédia aqui é crítica do mundo das galerias e da era dos NFTs. Renzo Nervi (Bouli Lanners) teve dias de glória, só que agora amarga o esquecimento e uma crise existencial, deflagrada pela morte da esposa. Quem segura a barra é Arthur Forestier (Vincent Macaigne), seu ex-aluno e dono da galeria que o representa. Ou melhor, tenta representar, porque o genioso Nervi não facilita. Essa é a história de uma amizade em tempos difíceis, mas também da mirabolante artimanha que esses dois fazem para tentar virar o jogo.

O Renascimento/Un coup de maître

O diretor Rémi Bezançon já cutucou o universo da arte literária no saboroso O Mistério de Henri Pick (2019), e aqui faz a sua versão do filme argentino Minha Obra-Prima (2018), de Gastón Duprat. A nova geração é representada por Alex (Bastien Ughetto), que se oferece como pupilo de Nervi, afaga o ego do artista, mas também lhe ensina uma ou outra coisa sobre dignidade. O Renascimento é um divertido encontro entre amantes da arte e uma bem-vinda provocação à hipocrisia e oportunismo que ronda esse mercado.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Renascimento/Un coup de maître
Direção: Rémi Bezançon
Duração: 95 minutos

País de Produção/Ano: França, Bélgica , 2023
Elenco: Vincent Macaigne, Bouli Lanners, Bastien Ughetto
Distribuição: Bonfilm


Assista Agora!
Festival Varilux

Comédia Dramática
O Livro da Discórdia/Youssef Salem a du succès

O Livro da Discórdia/Youssef Salem a du succès

É curioso como O Livro da Discórdia forma uma espécie de tríade das artes com o cinema em Making Of, a pintura em O Renascimento, e agora a literatura. Uma aura farsesca envolve essa comédia familiar, que segue os passos de um escritor, Youssef (Ramzy Bedia), que finalmente emplaca um best-seller premiado e midiático. O problema? O romance é um retrato parcialmente autobiográfico de sua juventude e aborda tabus que rodeiam a sexualidade no ambiente em que cresceu. Youssef vai ter de rebolar para evitar que os pais, imigrantes argelinos, leiam o livro.

O Livro da Discórdia/Youssef Salem a du succès

A diretora Baya Kasmi conduz a narrativa com leveza e tira proveito do tino humorístico de Noémie Lvovsky no papel da agente literária que goza da fama repentina. Paris é o cenário dessa história de reconhecimento e compreensão, em que particularidades da cultura árabe são exploradas sem estereótipos. A solução encontrada por Youssef para driblar a família é inverossímil, mas o desfecho é bem resolvido.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Livro da Discórdia/Youssef Salem a du succès
Direção: Baya Kasmi
Duração: 97 minutos

País de Produção/Ano: França, 2023
Elenco: Ramzy Bedia, Noémie Lvovsky, Abbes Zahmani, Tassadit Mandi
Distribuição: Bonfilm


Assista Agora!
Festival Varilux

Drama
O Astronauta/L’astronaute

O Astronauta/L’astronaute

Nicolas Giraud escreve, dirige e faz o protagonista, Jim, um engenheiro de aeronáutica cujo sonho de ir ao espaço foi barrado pelo terceiro lugar em uma prova com outros candidatos a astronauta. Ele compartilhava a paixão com o avô, um aficionado em foguetes, e preferiu morar com a avó após a morte dele, pois os pais não compreendem sua obsessão. A verdade é que Jim não desistiu e há oito anos vem construindo seu próprio foguete, com o qual planeja fazer história com o primeiro voo espacial tripulado amador.

O Astronauta/L’astronaute

A presença de Mathieu Kassovitz (A Acusação) é o maior chamariz desse drama fabular sobre sonhos, obstinação e coletividade. Seu personagem é um renomado astronauta, a quem o protagonista apresenta o ousado projeto. A eles juntam-se outras pessoas e a mensagem de “união faz a força” é explícita até demais. Apesar do tom adocicado, o espectador se vê na torcida pela empreitada e se emociona com cenas banhadas em lirismo.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Astronauta/L’astronaute
Direção: Nicolas Giraud
Duração: 110 minutos

País de Produção/Ano: França, 2022
Elenco: Nicolas Giraud, Mathieu Kassovitz, Hélène Vincent
Distribuição: Bonfilm


Assista Agora!
Festival Varilux

Drama
O Desafio de Marguerite/Le Théorème de Marguerite

O Desafio de Marguerite/Le Théorème de Marguerite

Um colega comentou que a questão matemática que serve de fio narrativo para O Desafio de Marguerite podia ser qualquer outra coisa. Verdade, a ideia valeria até para a busca pela receita perfeita ou para a conquista de um recorde olímpico. Para a diretora e roteirista Anna Novion, porém, é uma escolha pessoal. O filme é dedicado à sua mãe e a mãe da protagonista é professora de matemática. Mas a história é sobre a filha, Marguerite (Ella Rumpf). Pesquisadora em uma renomada universidade de Paris, ela perde o chão durante a apresentação de sua tese doutorado quando outro jovem matemático, Lucas (Julien Frison), aponta um erro em seu raciocínio.

O Desafio de Marguerite/Le Théorème de Marguerite

O competitivo mundo da genialidade é esmiuçado em duas frentes, na decepção de Marguerite com seu orientador, Laurent (Jean-Pierre Darroussin), que elege Lucas como o gênio da vez, e na atitude radical que toma, ao desistir da matemática. Essa decisão abre o segundo ato, em que Marguerite divide apartamento com uma dançarina, Noa (Sonia Bonny), que lhe abre as portas de um mundo longe dos números. Esse desabrochar de Marguerite para a vida é o que dá graça ao filme, que no fim faz um  movimento cíclico. Aqui me vem à mente uma frase dita por Mathieu Kassovitz em O Astronauta: “Às vezes é preciso fazer um grande desvio para se chegar ao destino”.

Curiosidade: o filme foi apresentado na Sessão Especial do Festival de Cannes.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Desafio de Marguerite/Le Théorème de Marguerite
Direção: Anna Novion
Duração: 112 minutos

País de Produção/Ano: França, Suíca, 2023
Elenco: Ella Rumpf, Jean-Pierre Darroussin, Clotilde Courau
Distribuição: Synapse


Assista Agora!
Festival Varilux

Drama
Maestro(s)

Maestro(s)

O que dizer de um pai que não comparece à premiação de um filho por ciúme? Assim começa Maestros(s), que reúne dois grandes astros do cinema francês, Pierre Arditi e Yvan Attal, como os maestros François e Denis Dumar. É triste ver uma rusga como essa entre um filho à beira dos 60 anos e um pai na entrada dos 80. O diretor e corroteirista Bruno Chiche agrava a situação com uma pegadinha sagaz.

Maestro(s)

Logo em seguida à noite de glória de Denis, seu pai, em tom de vingança, anuncia que foi escolhido para reger a orquestra do Teatro Scala de Milão, o ponto máximo para qualquer maestro. Só que tem boi na linha, porque a assistente do teatro ligou para o Dumar errado. Como desfazer o erro sem dinamitar o que resta da relação será o desafio desse filho, muito mais maduro que o próprio pai. O diretor poderia se adensar na batalha interna de cada um, mas sua abordagem é rasa e factual. O melhor de Maestro(s) é a sequência final, de arrancar lágrimas.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Maestro(s)
Direção: Bruno Chiche
Duração: 96 minutos

País de Produção/Ano: França, Bélgica, 2022
Elenco: Yvan Attal, Pierre Arditi, Miou-Miou, Caroline Anglade
Distribuição: Bonfilm


Assista Agora!
Festival Varilux

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!