quarta, 05 de outubro de 2022
Série Drama Thriller

Intimidade


Intimidade
Assista Agora!
Netflix

Mês passado, a primeira-ministra da Finlândia, Sanna Marin, enfrentou críticas após o vazamento de imagens em que canta e dança até o chão em uma festa privada. A governante de 36 anos chegou a se submeter a teste toxicológico, mas rebateu: “Espero que seja aceitável que tomadores de decisões dancem, cantem e frequentem festas”. Episódio da mesma natureza deflagra Intimidade, minissérie espanhola da Netflix. O vídeo que viraliza, porém, expõe a vice-prefeita de Bilbao, Malen Zubiri (Itziar Ituño, da série La Casa de Papel), durante sexo na praia com um homem que não é seu marido.  

Intimidade

Longe do mundo da política, testemunhamos o suicídio de Ane (Verónica Echegui, Estás Me Matando Susana), operária de uma fábrica local que cai em desgraça com a divulgação de antigos vídeos eróticos. A irmã dela, Bego (Patricia López Arnaiz, Trilogia de Baztán), decide lutar por justiça. O elo entre Malen e Bego é a investigadora Alicia (Ana Wagener, O Inocente), que empreende uma obstinada jornada em defesa da mulher na seara policial. Em 8 episódios, Intimidade faz uma reflexão ativa sobre invasão de privacidade e machismo enraizado - este último, repare, não é exclusivo dos homens. De formas e dimensões diferentes, tanto Malen quanto Ane sofrem assassinato social.

Intimidade

Enquanto as personagens não se cruzam, a narrativa segue caminhos paralelos. Malen vira alvo de membros do partido desgostosos com seus planos de se candidatar à prefeitura na eleição que se aproxima. Em casa, o escândalo afeta o marido “oficial”, pois na intimidade eles vivem separados, e principalmente a filha adolescente. A jovem “herda” a alcunha de vadia na escola, além de questionar ela própria as atitudes da mãe. Há acertos e erros por todos as lados também na cruzada de Bego para desvendar o passado obscuro da irmã e identificar o autor da postagem. Não é fácil pra ninguém.

Intimidade

Intimidade ganha contornos de thriller quando aparecem indícios de que o flagra na praia foi encomendado, e de que Ane sucumbiu depois de sofrer perseguições e ameaças de um ex-amante. Bem agora que experimentava pela primeira vez uma relação estável e saudável. A sororidade custa a se manifestar no drama dessas mulheres diante de uma sociedade em que a liberdade individual tem pesos e medidas díspares entre os sexos. Alguém tem dúvida de que seria diferente se o político em questão fosse um homem? Então veja em seguida a minissérie britânica Anatomia de um Escândalo, também da Netflix. Fica a dica.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Intimidade/Intimidad
Direção: Vários
Duração: 50 minutos

País de Produção/Ano: Espanha, 2022
Elenco: Itziar Ituño, Patricia López Arnaiz, Verónica Echegui, Ana Wagener, Emma Suarés, Marc Martínez
Distribuição: Netflix

Assista Agora!
Netflix

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!