quinta, 13 de junho de 2024
Cinema Ação

As Marvels


As Marvels
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Em 2019, Capitã Marvel fez mais de US$ 1,1 bilhão na bilheteria mundial. Com a moral nas alturas depois do Oscar por O Quarto de Jack, Brie Larson injetou densidade em Carol Danvers, a jovem de memória apagada que acredita ser da raça alienígena Kree, mas tem flashes de uma vida na Terra, onde teria sido piloto da Força Aérea Americana. Era uma personagem robusta, com poderes ao nível do Superman. A produção foi peça importante da Fase 3 do MCU (Universo Cinematográfico Marvel), que teve seu ápice com Vingadores: Ultimato. Daí ser tão constrangedora a desconstrução por qual ela passa em As Marvels, da atual Fase 5.

As Marvels

A resposta do público foi imediata, com uma flopada histórica. É a pior estreia do MCU no mercado norte-americano, com US$ 47 milhões de arrecadação. Sob a batuta de Nia DaCosta (A Lenda de Candyman), Carol Danvers agora forma trinca com Monica Rambeau (Teyonah Parris) e Kamala Khan (Iman Vellani). A primeira se destacou na série WandaVision (2021), que inaugurou a Fase 4 e passou a exigir dos fãs atenção híbrida ao MCU, entre longas de cinema e produções para o streaming do Disney+. A segunda é a improvável heroína da série Ms. Marvel (2022). Trupe sem graça, assim como a trama.

As Marvels

Capitã Marvel vai investigar um anômalo buraco de minhoca que resulta em um encontro desagradável com a vilã Dar-Benn (Zawe Ashton), uma Kree que a responsabiliza pelo fim do seu mundo e quer vingança. Mas algo acontece no embate que entrelaça seu corpo e seus poderes aos de Ms. Marvel e Monica Rambeau. A dinâmica entre elas é uma brincadeirinha infantil. Até pular corda elas fazem para entrar em sintonia antes de salvar o mundo. A infeliz criatividade dos roteiristas chega ao ponto de criar um excêntrico planeta, Aladna, onde a comunicação é pelo canto. Com o romântico príncipe local (o astro de doramas Park Seo-joon), Capitã Marvel revela sua porção princesa da Disney. Aff...

As Marvels

Efeitos especiais sofríveis e enredo previsível completam a lista de desacertos. Salvam-se os coadjuvantes! O Nick Fury de Samuel L. Jackson já é uma entidade à parte no MCU. Seu humor irônico e perspicaz banha de charme as cenas mais insossas. Outro alívio é a família paquistanesa da Ms. Marvel, pais e irmão preocupados que seguem os passos de Kamala com inusitada ingenuidade. E a maior rouba-cena é Chewie, a gatinha da Capitã Marvel, que lidera uma horda de bichanos engolidores de gente em uma das poucas sequências divertidas de As Marvels. Enquanto a crise no estúdio se agrava, os fãs mantêm a esperança de ver algo que preste em Deadpool 3, com estreia prevista para maio de 2024.




Trailer

Ficha Técnica

Título: As Marvels / The Marvels
Direção: Nia DaCosta
Duração: 105 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2023
Elenco: Brie Larson, Teyonah Parris, Iman Vellani, Samuel L. Jackson, Zawe Ashton, Park Seo-joon
Distribuição: Marvel Studios

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!