domingo, 24 de janeiro de 2021

E se Vivêssemos Todos Juntos?


E se Vivêssemos Todos Juntos?
Assista Agora!
NET NOW Vivo Play Google Play Looke Globoplay Youtube Amazon Prime Vídeo

O diretor e roteirista francês Stéphane Robelin (Um Perfil para Dois) não doura a pílula para falar da velhice, mas também não a amaldiçoa com a inexorável sombra da morte, que de resto nos acompanha a todos. Em E se Vivêssemos Todos Juntos, trata o ocaso natural da vida com realismo e respeito, além de se utilizar de um raro e delicado humor para simultaneamente ressaltar e propor uma reflexão sobre os preconceitos que ainda sofrem os membros da terceira idade.

Dos cinco setentões amigos há 40 anos, poderia se esperar até a melhor idade. Afinal, a psicóloga aposentada Annie (Geraldine Chaplin, Fale com Ela) e seu marido progressista Jean (Guy Bedos, Sobrevivendo com Lobos) vivem praticamente numa mansão na região da Grande Paris. A professora de filosofia Jeanne (Jane Fonda, Nossas Noites) e seu marido Albert (Pierre Richard, Perdidos em Paris) tem sua aposentadoria e um belo apartamento. E embora o fotógrafo Claude (Claude Rich, Concorrência Desleal) seja mais modesto e solitário, sabe aproveitar bem a liberdade que os amigos não têm.

Mas como ninguém é imune ao passar do tempo, dentre eles há os esquecimentos do Alzheimer, problemas de coração e um câncer terminal. Quando Claude torna-se hóspede numa casa de repouso por determinação do filho, os amigos vão ao resgate e decidem viver em comunidade na mansão, sob os cuidados do estudante de etnologia Dirk (Daniel Brühl, Rush: No Limite da Emoção). Convencido por Jeanne a transformar o grupo em seu objeto de pesquisa de mestrado, sobre o modo de ‘sobrevida’ dos europeus idosos, Dirk acompanha e registra a convivência dos amigos com um olhar ao mesmo tempo afetuoso e objetivo, que empresta ao espectador.

É Jeanne quem conduz, no entanto, com a naturalidade da experiência da filosofia, as principais indagações sobre a velhice, numa orientação informal ao trabalho de Dirk. Ela se pergunta como é possível o indivíduo e a sociedade não se prepararem adequadamente para a evidente reta final e ignorarem aspectos importantes como a sexualidade entre idosos, que o filme, aliás, evidencia. Assim, a abordagem aberta e crítica do ainda espinhoso tema da velhice se dá com diálogos inteligentes, ora espirituosos ora devastadores, pequenas pérolas que o elenco de estrelas de sua geração transforma em joia preciosa. É impossível não sentir ternura por esse quinteto menos irreverente do que gostaria, ou deixar de ouvir o seu alerta sobre esse amanhã, que deveria começar agora.




Trailer

Ficha Técnica

Título: E se Vivêssemos Todos Juntos?/Et si on vivait tous ensemble?
Direção: Stéphane Robelin
Duração: 96 minutos

País de Produção/Ano: França/Alemanha, 2011
Elenco: Guy Bedos, Geraldine Chaplin, Jane Fonda, Claude Rich, Pierre Richard, Daniel Brühl
Distribuição: Imovision

Assista Agora!
NET NOW Vivo Play Google Play Looke Globoplay Youtube Amazon Prime Vídeo

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!