terça, 30 de novembro de 2021
Lista

O nada e o tudo de Hong Sang-soo


O nada e o tudo de Hong Sang-soo

Há quem diga que o cinema de Hong Sang-soo é sobre o nada. Eu prefiro dizer que é sobre a vida, sobre tudo. É verdade que o sul-coreano não caminha na linha narrativa tradicional e que suas histórias ganham forma sempre sob a premissa “beber, comer e conversar”.

Para Sang-soo, o cotidiano é a matéria-prima maior e dos momentos mais singelos, como um bate-papo descompromissado, ele tira o substrato de uma cinematografia dedicada ao ser humano. Duas marcas registradas: o cinema no pano de fundo, seja por um personagem ou por uma locação, e, nas produções recentes, a presença constante de Kim Min-hee, sua musa (e amante assumida).

Nesse quarteto, Kim só não está em A Mulher é o Futuro do Homem, uma preciosidade do início da carreira do diretor, também disponível em streaming.


Drama
O Hotel às Margens do Rio/Gangbyeon hotel

O Hotel às Margens do Rio/Gangbyeon hotel

O Hotel às Margens do Rio foi filmado em 15 dias durante o inverno de 2018. Passado e futuro não passam de citações e a impressão é de que pouco acontece. Os personagens apenas são. Mais melancólico que de costume, Sang-soo vislumbra a finitude através de um famoso poeta, hospedado em um hotel às margens do Rio Han a convite do proprietário. Ele espera a visita dos dois filhos, um deles diretor de cinema. Embora esteja saudável, sente que o fim está próximo. No quarto do outro lado do corretor está a atriz fetiche do diretor, Kim Min-hee.

Sua personagem se refugiou ali por conta do fim de um romance atribulado, que pode explicar o machucado que tem na mão. Ela também espera a visita de uma amiga, que vem consolá-la. Sentados no pátio com vista para o rio, pai e filhos fazem uma acerto de contas. Enquanto isso, as duas amigas falam de trivialidades e dos homens de suas vidas. Há simbolismo de sobra em O Hotel às Margens do Rio, mas no fim é o singelo olhar do cineasta sobre a família e a amizade que toca fundo o espectador.  




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Hotel às Margens do Rio/Gangbyeon hotel
Direção: Hong Sang-soo
Duração: 96 minutos

País de Produção/Ano: Coreia do Sul, 2018
Elenco: Ki Joobong, Kim Min-hee, Song Seonmi Kwon Haehyo, Yu Junsang Park Ran, Shin Seokho
Distribuição: Pandora Filmes


Assista Agora!
A La Carte

Drama
A Câmera de Claire/La Caméra de Claire

A Câmera de Claire/La Caméra de Claire

Hong Sang-So filmou A Câmera de Claire durante o Festival de Cannes em 2016, e o filme estreou na Riviera Francesa no ano seguinte. Em pouco mais de uma hora, ele examina o comportamento humano em momentos de crise, com sua habitual simplicidade.

A protagonista (Kim Min-hee) está em Cannes a trabalho, quando é demitida sem aviso pela chefe, que a acusa de desonestidade sem maiores explicações. Em nova parceria com o cineasta após A Visitante Francesa, Isabelle Huppert (Branca Como a Neve) parece se divertir como a fotógrafa que faz instantâneos com sua polaroid. Através das pessoas que ela clica e com quem conversa, o espectador e a protagonista vão desvendar o motivo por trás da demissão.




Trailer

Ficha Técnica

Título: A Câmera de Claire/La Caméra de Claire
Direção: Hong Sang-soo
Duração: 69 minutos

País de Produção/Ano: Coreia do Sul, 2017
Elenco: Isabelle Huppert, Kim Min-hee, Jang Mi Hee, Shahira Fahmy, Jin-yeong Jeong
Distribuição: Pandora Filmes


Assista Agora!
A La Carte Looke NET NOW

Drama
O Dia Depois/Geu-hu

O Dia Depois/Geu-hu

Indicado à a Palma de Ouro em Cannes 2017, O Dia Depois segue o ritmo “conversa e bebedeira” em nova colaboração entre o diretor sul-coreano Hong Sang-soo e sua musa Kim Min-hee. Com uma pitada de humor, a trama tem seus momentos agitados dentro de uma editora de livros. O proprietário é um renomado escritor, que terminou o romance adúltero com a assistente.

Só que a esposa descobre uma carta reveladora e chega no escritório pegando pelo cabelo a nova funcionária (Kim) – que não tem nada a ver com isso. Detalhe: é o primeiro dia da moça no trabalho. A cena é ótima, porém a situação é delicada. Como sempre nos filmes de Sang-soo, os conflitos são debatidos em diálogos belamente escritos, temperados com comida e bebida. É um cinema simples e poderoso na forma como desvenda as imperfeições humanas.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Dia Depois/Geu-hu
Direção: Hong Sang-soo
Duração: 92 minutos

País de Produção/Ano: Coreia do Sul, 2017
Elenco: Kim Min-hee, Kwon Hae-hyo, Kim Saebyuk
Distribuição: Pandora Filmes


Assista Agora!
A La Carte Looke NET NOW

Drama
A Mulher é o Futuro do Homem/Yeojaneun namjaui miraeda

A Mulher é o Futuro do Homem/Yeojaneun namjaui miraeda

Lançado em 2004, A Mulher é o Futuro do Homem é o quinto longa de Hong Sang-Soo (O Hotel às Margens do Rio) e a primeira de suas quatro indicações à Palma de Ouro em Cannes. Dois jovens ex-colegas de escola se reúnem em uma Seul nevada. Um deles se tornou professor de artes plásticas, está casado, tem filho, cachorro e uma casa grande – mas com uma valiosa hipoteca para pagar. O outro acaba de voltar dos Estados Unidos, onde se formou em cinema, e está em início de carreira. Ou seja, sem grana. 

Flashbacks mostram como uma jovem tímida se envolveu sexualmente com ambos. No presente, eles decidem procurá-la juntos, embora o cineasta não saiba que o amigo professor também se apaixonou por ela enquanto ele estudava no exterior. Sango-soo filma cenas de sexo (raras em seu cinema) e retrata não só a entrega dessa moça ingênua, mas também o impacto que os atos sexuais tiveram em sua vida. Uma sociedade machista e conservadora se descortina na Coreia do Sul daquele início do século 21.




Trailer

Ficha Técnica

Título: A Mulher é o Futuro do Homem/Yeojaneun namjaui miraeda
Direção: Hong Sang-soo
Duração: 88 minutos

País de Produção/Ano: Coreia do Sul, França, 2004
Elenco: Yoo Ji-Tae, Kim Tae-Woo, Hyun-Ah Sung, Ho-jung Kimm Min-Young
Distribuição: Reserva Imovision


Assista Agora!
Reserva Imovision

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!