terça, 11 de maio de 2021

A Despedida


A Despedida
Assista Agora!
NET NOW Telecine Play iTunes Google Play Vivo Play

Há filmes que ficam com a gente depois dos créditos finais, como o singelo A Despedida, baseado na “mentira real” vivida pela roteirista e diretora chinesa Lulu Wang (Póstumo). Quem a interpreta é a atriz e rapper Awkwafina (Podres de Ricos), norte-americana descendente de chineses, que estudou mandarim por dois anos em Pequim. No filme ela é Billi, e a comovente atuação foi premiada com o Globo de Ouro 2020.  

Aos 30 anos, independente e prestes a receber uma bolsa de estudos para decolar sua carreira como escritora, Billi adequou-se bem ao modo de vida nova-iorquino. Guarda com carinho e saudade, no entanto, a infância no interior da China, junto da numerosa família e especialmente de Nai Nai (Shuzhen Zhao), a avó paterna, com quem mantém contato frequente mesmo após 25 anos sem visitá-la. A notícia de que a avó foi diagnosticada com câncer de pulmão avançado chega junto de uma decisão familiar peculiar: esconder a verdade de Nai Nai e apressar o casamento de seu neto para que todos possam, veladamente, se despedir da matriarca.

Nai Nai paga e organiza a festa do neto, sem imaginar se tratar da sua festa de despedida. Essa premissa narrativa paradoxal eleva às alturas a temperatura sentimental do filme e dos personagens, que devem se conter em nome do segredo do qual comungam. Desse contraste inicial, a diretora Lulu Wang vai tecendo vários outros, cujas raízes estão fincadas na diáspora migratória e nas distâncias afetivas e culturais dos que vão e dos que ficam. Os dois únicos filhos de Nai Nai migraram há décadas, um para os Estados Unidos e o outro para o Japão, em busca de um futuro melhor do que a China parecia lhes oferecer na época.

Assim como Billi, A Despedida é delicado e afetivo, sem nunca se derramar. Acolhe em si o modo de vida chinês, mais tradicional e eminentemente coletivo, sem desrespeitar o “sonho americano”, mas apontando as diferenças entre eles, o que aliás é um dos principais encantos do filme. Quando movimenta sua câmera, Lulu Wang basicamente o faz para retratar estes dois mundos, com suas cores, espaços e sons típicos, para depois deixá-la praticamente estática como testemunha dos encontros e desencontros que enquadra. A produção conquistou dois prêmios Spirit, o Oscar do cinema independente americano, de melhor filme e melhor atriz coadjuvante, para Shuzhen Zhao, a Nai Nai.




Trailer

Ficha Técnica

Título: A Despedida/The Farewell
Direção: Lulu Wang
Duração: 100 minutos

País de Produção/Ano: EUA/China, 2019
Elenco: Awkwafina, Shuzhen Zhao, Hong Lu, Tzi Ma, Diana Lin
Distribuição: A24

Assista Agora!
NET NOW Telecine Play iTunes Google Play Vivo Play

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!