domingo, 25 de outubro de 2020

The Boys


The Boys
Assista Agora!
Amazon Prime Vídeo

Os universos cinematográficos da Marvel e da DC respondem pelos bilhões que Hollywood faz com sagas de super-heróis, seja nos blockbusters na telona ou em filmes e séries para a telinha. Não é de hoje, porém, que algumas dessas produções apresentaram ao grande público heróis subversivos e de moral duvidosa – que o diga o impagável Deadpool. Mas nada se compara à trupe da HQ The Boys, criada em 2006 por Garth Ennis e Darick Robertson, formada por super-humanos ambíguos, egocêntricos e mais interessados na vida de celebridade do que no altruísmo.

A adaptação dos quadrinhos produzida pela Amazon Prime em 2019 bateu recordes de acessos na plataforma, a segunda temporada está a todo vapor e a terceira já foi anunciada. Ousada, ultrajante, obscena e barra pesada (pesadíssima), The Boys não provocou alvoroço só entre fãs do gênero, porque a trama vira o universo dos justiceiros do avesso para tecer uma crítica social que não deixa pedra sobre pedra. Um dos produtores executivos é o ator, diretor e roteirista Seth Rogen, de filmes como É o Fim e A Entrevista, só para ter uma ideia do nível do escracho.

No início do século 21, uma corporação chamada Vought administra cerca de 200 super-heróis em atividade ao redor do mundo. A tropa de elite fica sediada em Nova York e é conhecida como Os Sete, uma versão alternativa da Liga da Justiça: Capitão Pátria (Antony Starr), Rainha Maeve (Dominique McElligott), Translúcido (Alex Hassell), Black Noir (Nathan Mitchell), Profundo (Chace Crawford), Trem-Bala (Jessie T. Usher) e a novata Luz-Estrela (Erin Moriarty). Capitão Pátria é o líder, mas todos respondem à Madelyn Stillwell (Elisabeth Shue), a mandachuva da Vought.

O The Boys do título era uma equipe da CIA que monitorava ações errantes dos super-heróis, inclusive o uso do misterioso anabolizante Composto V, mas uma tragédia dissolveu o grupo. Um deles é Billy Bruto (Karl Urban) e a nova formação do The Boys inclui o jovem Hughie (Jack Quaid, filho dos astros Meg Ryan e Dennis Quaid), o traficante Francês (Tomer Capon) e o policial Leitinho (Laz Alonso). Cada um deles têm sua razão para querer desmantelar a Vought, e os oito episódios da primeira temporada estampam a sordidez nos bastidores do “olimpo”.

Muito mais do que uma aventura de ficção científica, The Boys é um ácido painel do estado das coisas em terreno mundano. O jogo sujo do corporativismo e da politicagem, o estrago das fake news, a bandeira da representatividade, a força do #metoo, a manipulação genética, o ceticismo e o fervor religioso, o vício, a xenofobia, o papel da família, a intolerância, o amor, o terrorismo. É abrangente mesmo. O bem e o mal sem firulas, jogados na cara do espectador com fartas doses de humor negro e violência gore. The Boys não é brincadeira.




Trailer

Ficha Técnica

Título: The Boys
Direção: Vários
Duração: 60 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2019
Elenco: Karl Urban, Jack Quaid, Antony Starr , Elizabeth Shue, Erin Moriarty, Laz Alonso, Karen Fukuhara, Jessie T. Usher, Dominique McElligott, Chace Crawford, Tomer Capon
Distribuição: Amazon Prime

Assista Agora!
Amazon Prime Vídeo

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!