domingo, 11 de abril de 2021

Adam


Adam
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com
Assista Agora!
NET NOW Vivo Play

Antes de estrear na direção com Adam, a marroquina Maryam Touzani já dava mostras de seu talento para radiografar a sociedade e a mulher marroquina nos tempos atuais com o roteiro do ótimo Primavera em Casablanca. Agora, na mesma cidade, mergulha ainda mais profundamente no universo feminino com a história de Abla e Samia, duas mulheres unidas pelo acaso e pela dor, que se aproximam e se transformam mutuamente pela amizade e pelo amor.

Abla (Lubna Azabal, Incêndios) é viúva, discreta, mãe dedicada da simpática garotinha Warda (Douae Belkhaouda), e improvisou um comércio de pães, salgados e doces típicos no quarto da casa que dá para a rua. Um dia, nega trabalho e abrigo para uma jovem sem-teto em estado adiantado de gravidez. À noite se arrepende e acolhe Samia (Nisrin Erradi) apenas por alguns dias.

Entre essas duas mulheres fortes, a fatalidade da viuvez de Abla e a transgressão de Samia – engravidar fora do casamento –, a diretora constrói sua narrativa crítica, e ao mesmo tempo reverente, da coragem delas na luta pela sobrevivência numa cultura (ainda) patriarcal. Do desconforto e da desconfiança iniciais à parceria no lar e no trabalho, a intimidade é pouco a pouco esculpida em sequências comoventes, às vezes líricas. “A morte não pertence às mulheres”, diz Abla ao contar sobre o funeral do marido. “Poucas coisas nos pertencem de verdade”, responde Samia.

Selecionado para a disputada mostra Um Certo Olhar, do Festival de Cannes, da qual saiu vitorioso o brasileiro A Vida Invisível, Adam é um filme intimista, mas encena maravilhosamente bem a vida urbana e os costumes sociais, vistos pelos olhos das protagonistas – e suas soberbas intérpretes - através da janela de sua improvisada padaria domiciliar. Belo trabalho da diretora de fotografia Virginie Surdej (Muito Amadas). Ela e a diretora marcam, com seu olhar estético, os contornos do público e do privado ainda tão fugidios e opressores no início deste século 21. Talvez por isso, o nome do filme seja o do recém-nascido, Adão, e traga com ele a semente de um futuro mais humano.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Adam
Direção: Maryam Touzani
Duração: 98 minutos

País de Produção/Ano: Marrocos/Bélgica/França, 2019
Elenco: Lubna Azabal, Nisrin Erradi, Douae Belkhaouda, Aziz Hattab
Distribuição: Arteplex Filmes

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com
Assista Agora!
NET NOW Vivo Play

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!