sexta, 27 de novembro de 2020

La La Land: Cantando Estações


La La Land: Cantando Estações
Assista Agora!
Google Play iTunes Youtube NET NOW

La La Land – Cantando Estações foi o vencedor do Oscar de melhor filme na cerimônia de 2017 por alguns segundos apenas. Moonlight ficou com a estatueta depois que o histórico equívoco foi reparado. Mesmo assim, a pequena obra-prima saiu vitoriosa em 6 das 14 indicações: melhor atriz (Emma Stone), diretor (Damien Chazelle), fotografia (Linus Sandgren), trilha sonora (Justin Hurwitz), canção (“City of Stars”, de Hurwitz e outros) e design de produção. A produção foi o segundo dueto entre o cineasta Chazelle e o músico Hurwitz, que dois anos antes provocaram sensação com Whiplash – Em Busca da Perfeição.

O drama sobre a relação de um jovem e obcecado baterista de jazz e seu abusivo tutor rendeu o Oscar de coadjuvante a J.K. Simons e inúmeros prêmios pelo mundo. Simons faz uma participação divertida em La La Land, mas o diretor e roteirista troca os acordes nervosos do jazz por canções suaves, alegres e românticas, que embalam os nostálgicos números de dança protagonizados por Ryan Gosling e Emma Stone pelas ruas de Los Angeles, a Cidade dos Sonhos. E não poderia ser diferente se a ideia é contar a história de dois sonhadores.

Mia (Emma) é uma aspirante a atriz que tem levado tantos “não” em testes que começa a questionar seu talento. Já Sebastian (Gosling) é um pianista de jazz purista que não se conforma com o desinteresse do público pelo gênero e almeja abrir o próprio clube. Los Angeles, com suas autoestradas congestionadas, sol escaldante e curvas sinuosas que circundam montes e invadem vales, é o palco do encontro dessas duas almas inquietas. Chazelle filmou em Cinemascope, o formato widescreen usado em superproduções dos anos 50 e 60, e preenche a tela alargada com luz e cores vibrantes.

Enquanto o visual remete aos clássicos musicais dos anos dourados de Hollywood, a batalha por um lugar ao sol enfrentada por Mia e Sebastian acontece no presente. É com um pé no século 20 e outro no 21 que o diretor fez o público cantar, rir, chorar e se apaixonar. Mas não é uma sessão da tarde. La La Land é sobre os sonhos e como eles podem unir e separar as pessoas. Chazelle repetiu a parceria com Gosling no ambicioso O Primeiro Homem, ótimo também, mas o encanto não foi o mesmo.  




Trailer

Ficha Técnica

Título: La La Land: Cantando Estações/La La Land
Direção: Damien Chazelle
Duração: 128 minutos

País de Produção/Ano: EUA/Hong Kong, 2016
Elenco: Ryan Gosling, Emma Stone, Rosemarie DeWitt, J.K. Simons, John Legend
Distribuição: Paris Filmes

Assista Agora!
Google Play iTunes Youtube NET NOW

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!