quarta, 14 de abril de 2021

Projeto Gemini


Projeto Gemini
Assista Agora!
Vivo Play Google Play iTunes NET NOW

Ang Lee é um bom contador de histórias e um visionário criador de efeitos especiais. As lutas marciais aéreas de O Tigre e o Dragão, os animais digitais de As Aventuras de Pi e as imagens em 3D e 4k de A Longa Caminhada de Billy Lynn foram proezas inéditas. A tecnologia estava a serviço de narrativas envolventes, existenciais até, que colocaram essas produções no circuito de prêmios – Lee ganhou o Oscar de filme estrangeiro por O Tigre e o Dragão e de direção por As Aventuras de Pi, entre outros inúmeros troféus.

Em Projeto Gemini, o cineasta promove mais um show tecnológico. O público pode assistir em 3D+, um formato digital de projeção a 60 quadros por segundo, mais do que o dobro dos tradicionais 24 quadros por segundo, com imagens projetadas em 3D a partir de uma master originalmente filmada a 120 quadros por segundo. Traduzindo: a nitidez é impressionante e deixa visível cada detalhe, então o que pareceria um borrão em uma cena de ação comum, por exemplo, é visto em perfeita definição de imagem, cor e movimento. A experiência de imersão é espetacular, realmente.

A outra atração é um avanço do que o diretor realizou em Pi, com a criação de um personagem digital nos moldes do que se viu no recente O Rei Leão, mas desta vez um humano. Will Smith é astro em dose dupla. O protagonista é um exímio matador, prestes a se aposentar, que fica com a cabeça a prêmio após descobrir ter sido enganado na última missão. Surpresa maior, é quando se dá conta de que o agente enviado para executá-lo é uma versão jovem de si mesmo. Ang Lee frisou que o Will Smith de 23 anos não é fruto de rejuvenescimento digital, mas uma mescla de captura de movimento facial do ator de 51 anos com um trabalho de computação gráfica a partir de centenas de imagens dele na juventude. É bem feito, não perfeito.

A cenas de ação foram gravadas em três cartões postais escolhidos a dedo: Budapeste (Hungria), Savannah (EUA) e Cartagena (Colômbia). A colorida arquitetura dessa última e as famosas termas da capital às margens do Danúbio têm sua beleza ofuscante agigantada em 3D+. Projeto Gemini é um primor visualmente, porém – e há um porém – desta vez descuidaram do roteiro. O thriller sobre clonagem tem um Clive Owen canastrão na pele do vilão, que pretende formar um exército moldado geneticamente, e Will Smith faz o que pode com um personagem plano e sem apelo. Sua versão juvenil até solta lágrimas, mas não engana. Então esqueça o enredo clichê e mergulhe na ação, essa é sensacional.  




Trailer

Ficha Técnica

Título: Projeto Gemini/Gemini Man
Direção: Ang Lee
Duração: 117 minutos

País de Produção/Ano: China/EUA, 2019
Elenco: Will Smith, Mary Elizabeth Winstead, Clive Owen, Benedict Wong, Linda Emond, Ralph Brown
Distribuição: Paramount

Assista Agora!
Vivo Play Google Play iTunes NET NOW

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!