terça, 11 de maio de 2021

O Clube dos Canibais


O Clube dos Canibais
Assista Agora!
NET NOW Vivo Play Looke Telecine Play

Entre 1863 e 1864, em Porto Alegre, no que ficou conhecido como o crime da Rua do Arvoredo, o catarinense José Ramos foi acusado de matar homens e mulheres, fazer linguiça com seus corpos e vender pela cidade, principalmente nas casas de ricos e autoridades. A história de canibalismo ganhou contornos de lenda, chegou até a Europa com direito a breve comentário do evolucionista Charles Darwin. Mas o historiador e escritor Décio Freitas a comprovou no livro O Maior Crime da Terra, publicado em 1996. Foi este livro que ajudou o roteirista e diretor Guto Parente (Inferninho) a chegar ao conceito final de seu oitavo longa, um suspense de terror às vezes trash, às vezes gore, mas sempre uma crítica declarada à elite, aos privilegiados do País.

Parente leva às últimas consequências a alegoria da desumanidade e dos podres poderes da classe dominante, neste caso, do Ceará. Insere-se, assim, no seleto grupo de produções nacionais contemporâneas que têm se apoderado simbolicamente do filme de gênero, seja suspense ou horror, para promover a crítica social, caso de As Boas Maneiras (2017), de Juliana Rojas e Marco Dutra, O Animal Cordial (2017), de Gabriela Amaral Almeida, e o recente e premiado Bacurau, de Kleber Mendonça Filho e Juliano Dornelles.

Em O Clube dos Canibais, Otávio (Tavinho Teixeira) e Gilda (Ana Luiza Rios), casal da alta aristocracia cearense, tem hábitos sórdidos. Ela escolhe os empregados da casa e depois os atrai para a cama. No auge do tórrido sexo, os homens são assassinados com um machado pelo marido que estava à espera, para o prazer dela e dele. Depois, a carne das vítimas é servida em sofisticadas refeições ou num churrasquinho mesmo. A prática se estende, com algumas alterações, para as reuniões só de homens do Clube dos Canibais, liderado pelo político Borges (Pedro Domingues). Tudo vai bem no Clube, e quando alguém sai da linha, um acidente dá conta do recado. Até que Gilda vira testemunha de um deslize de Borges, e ela e Otávio se tornam o alvo da vez.

A qualidade técnica impressiona, inclusive os momentos sanguinolentos de gore (ou splatter), a maquiagem, a plasticidade das cenas de sexo quase explícitas, graças à competente direção de fotografia de Lucas Barbi (Todos os Paulos do Mundo). O roteiro encadeia as situações com bom ritmo, principalmente quando não se leva tão a sério no registro do exagero, e o filme ganha muito com a performance do elenco e a trilha sonora de Fernando Catatau. O Clube dos Canibais teve lançamento em algumas salas de cinema e em streaming nos Estados Unidos. Lá fora, as críticas foram elogiosas ao filme de Guto Parente, chamando-o de sátira e mesmo de comédia de horror, reconhecendo ao mesmo tempo um comentário e um alerta sobre o novo momento político do país. Mas aqui, em terras tupiniquins, não é tão engraçado assim.




Trailer

Ficha Técnica

Título: O Clube dos Canibais
Direção: Guto Parente
Duração: 81 minutos

País de Produção/Ano: Brasil, 2019
Elenco: Tavinho Teixeira, Ana Luiza Rios, Pedro Domingues, José Maria Alves
Distribuição: Olhar Distribuição

Assista Agora!
NET NOW Vivo Play Looke Telecine Play

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!