quinta, 21 de janeiro de 2021

Predadores Assassinos


Predadores Assassinos
Assista Agora!
Vivo Play NET NOW Google Play Youtube iTunes

Fazia tempo que não tomava sustos e dava boas risadas em filme de “bichão faminto”, e olha que o último a que assisti foi Megatubarão (2018), com Jason Statham. Sam Raimi (da franquia Uma Noite Alucinante) é um dos produtores e quem comanda é o francês Alexandra Aja (Piranha 3D) – a fome com a vontade de comer. E os crocodilos de Predadores Assassinos estão com água na boca, literalmente.

Na trama, a Flórida é assolada por um furacão categoria 5. Haley (Kaya Scodelario, Maze Runner) desrespeita os alertas de deixar sua cidade e vai procurar o pai, Dave (Barry Pepper, Monster Trucks), que não deu notícias. A jovem é atleta, nadadora, um detalhe que ajuda o espectador a engolir as proezas que faz na água, como prender a respiração por um tempão e ganhar muita velocidade na braçada.

A aventura começa no porão da antiga casa da família, que está inundando por conta da tempestade, e onde Haley encontra o pai gravemente ferido. O problema é que mais de um lagartão aproveitou para entrar ali pelo duto de água. Os dois vão precisar dar um jeito de passar para a parte de cima da residência e chamar socorro.

Claro que os monstros acham outras presas para matar o apetite, enquanto não conseguem abocanhar pai e filha pra valer – sim, porque os dois levam umas boas mordidas em tentativas de fuga. Tem uma pegadinha no chuveiro que é hilária. E não podia faltar o cachorrinho para causar mais comoção. Predadores Assassinos é rápido e certeiro naquilo que se propõe: diversão descerebrada. Desta vez, mais é mais.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Predadores Assassinos/Crawl
Direção: Alexandre Aja
Duração: 87 minutos

País de Produção/Ano: EUA/Sérvia/Canadá, 2019
Elenco: Kaya Scodelario, Barry Pepper, Morfydd Clark, Ross Anderson
Distribuição: Paramount Pictures

Assista Agora!
Vivo Play NET NOW Google Play Youtube iTunes

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!