quinta, 25 de fevereiro de 2021

La Cama


La Cama
Assista Agora!
Google Play NET NOW

Começa na cama. Um casal de meia-idade tenta fazer sexo, mas ele não tem ereção. Ela muda de posição e nada, faz felação e nada. Há um profundo desalento nessa sequência, que dura perto de 5 minutos. O desânimo embebe toda a narrativa, que cobre as últimas 24 horas de Jorge e Mabel sob o mesmo teto. Depois de 30 anos de casamento, eles vão se divorciar e precisam liberar a casa, recém-vendida.

O desmontar da residência provoca uma avalanche de sentimentos. Luto, nostalgia, saudades, medo, incerteza... É um processo doloroso, e ao manter os protagonistas nus na maior parte do tempo, a diretora e roteirista argentina Mónica Laraina deixa-os despidos física e psicologicamente. Não há manto que encubra a decadência física, nem o sofrimento.

O formato é teatral, restrito ao cenário caseiro. Os atores Sandra Sandrini e Alejo Mango esbanjam coragem e se entregam nessa dinâmica íntima e silenciosa. La Cama ganhou os prêmios de melhor diretora e atriz argentinas no Mar Del Plata International Film Festival 2018. É uma obra ousada e sincera, mas que não causa empatia. Ao contrário, o ambiente e os personagens depressivos provocam aversão.




Trailer

Ficha Técnica

Título: La Cama
Direção: Mónica Lairana
Duração: 110 minutos

País de Produção/Ano: Argentina/Alemanha/Brasil/Holanda, 2017
Elenco: Sandra Sandrini, Alejo Mango
Distribuição: Livres

Assista Agora!
Google Play NET NOW

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!