quarta, 17 de agosto de 2022
Streaming Drama

Um Homem de Sorte


Um Homem de Sorte
Assista Agora!
Netflix

Aclamado por Pelle, o Conquistador (1987), vencedor do Oscar de filme estrangeiro e da Palma de Ouro em Cannes, o cineasta dinamarquês Billy August é exímio retratista de época. Em Um Homem de Sorte, ele adapta o romance Lykke-Per, de seu conterrâneo Henrik Pontoppidan (1857-1943), vencedor do Nobel de Literatura em 1917. Lançada como minissérie na TV dinamarquesa, a requintada atração da Netflix é também a saga de um conquistador.

Um Homem de Sorte

O sortudo do título é Peter Andreas Sidenius (Esben Smed), jovem visionário e ambicioso, que rompe com a família e abandona a zona rural para estudar engenharia na capital, Copenhague. Seu pai, um clérigo rígido e austero, para quem ciência e religião são antagonistas, praticamente amaldiçoa o filho na partida. Estamos na virada para o século 20, em uma Dinamarca pré-industrial, e o impetuoso Peter leva debaixo do braço um revolucionário projeto de conexão entre rios e lagos por canais, além de estudos para o uso da energia hidráulica e eólica como opção ao alto custo do carvão.

Um Homem de Sorte

Gênio é o apelido que ganha de Ivan Salomon (Benjamin Kitter), membro de uma família de judeus milionários e influentes. O clã não só abre as portas para o forasteiro cristão como manobra para que ele apresente seus projetos a possíveis investidores. Peter fica de olho nas irmãs de Ivan, primeiro na caçula, Nanny (Julie Christiansen), e depois na primogênita, Jakobe (Katrine Greis-Rosenthal).

Um Homem de Sorte

Atento aos detalhes na primorosa recriação de época, Billy August explora aqui a força do legado cultural e social que o indivíduo carrega na bagagem. No caso de Peter, à origem pobre e religiosa soma-se a carência de afeto paternal. É um personagem épico, de múltiplas camadas, e o diretor toma tempo para examinar cada uma delas. Não só cético, mas revoltoso contra Deus, Peter crê na meritocracia e deposita em si mesmo a fé para alcançar o sucesso. A obstinação lhe cai bem, mas o orgulho vai cobrar um alto preço.

Um Homem de Sorte

Seu Calcanhar de Aquiles é Jakobe, de longe a personagem mais surpreendente da trama. Peter se aproxima da futura herdeira da fortuna dos Salomon com segundas intenções. Sempre discreta, Jakobe precisa de uma única cena para se revelar uma mulher inteligente, generosa e com profunda consciência social. Se o espectador fica atônito com o que ela diz, Peter fica maravilhado. O futuro desses dois seres muito à frente de seu tempo é cuidadosamente iluminado em Um Homem de Sorte. São quase três horas de duração. Quem cansar, basta ver em duas etapas. Filmão, em todos os sentidos.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Um Homem de Sorte/Lykke-Per
Direção: Billy August
Duração: 162 minutos

País de Produção/Ano: Dinamarca, 2018
Elenco: Esben Smed, Katrine Greis-Rosenthal, Benjamin Kitter, Ole Lemmeke, Julie Christiansen
Distribuição: Netflix

Assista Agora!
Netflix

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!