quinta, 16 de setembro de 2021
Streaming Documentário

Mise en Scène: A Artesania do Artista


Mise en Scène: A Artesania do Artista
Assista Agora!
Globoplay

Há uma famosa cena de bastidores de O Iluminado, disponível no YouTube, que mostra Jack Nicholson se preparando para a clássica sequência do machado. O astro é daqueles que incorporam o personagem. Já Anthony Hopkins conta que se limitou a seguir o roteiro para a acachapante atuação que lhe deu o Oscar em Meu Pai. Modéstia ou não, a complexidade do atuar, de dispor do próprio corpo para dele aflorar um outro alguém, que não raro fica mais do que deveria na pele artista – que o diga Daniel Day Lewis -, é uma realidade que o público em geral não se dá conta.

Mise en Scène: A Artesania do Artista

Daí ser tão fascinante conhecer esse processo pelas palavras dos próprios atores. Idealizado pela atriz Maytê Piragibe, o fotógrafo Leandro Pagliaro e Manuh Fontes – que também assina a direção e roteiro, Mise en Scène: A Artesania do Artista parte da obra do filósofo e poeta Rainer Maria Rilke. A narração é de Gloria Pires e em cena astros nacionais como Zezé Motta, Camila Pitanga, Antonio e Bruno Fagundes, Gabriel Leone e Dira Paes deixam seu depoimento. A diretora Manuh não escapa do formato das cabeças falantes, embora tente compensar com intervenções líricas de alguns entrevistados.

A expressão francesa mise en scène designa os elementos que compõem a encenação, todo o redor que emoldura a atuação. E como o título indica, a artesania é o trabalho manual, corporal, mental e espiritual do interpretar. Zezé Motta lembra da verve artística que aflorou ainda criança nas peças de teatro na escola, e de quando o pai a ouviu cantar e declarou que ela não seguiria os passos da mãe costureira. Antonio Fagundes conta que aos 6 anos ficou de cama por meses para tratar da mononucleose, e que a família o abasteceu com gibis e livros – a linguagem escrita foi seu caminho de aproximação com o teatro.

Mise en Scène: A Artesania do Artista

As reminiscências ganham tom poético. Política e morte também permeiam os relatos. Dira Paes aborda o conflito entre seu eu e o da personagem, das falas que não cabem na sua embocadura pessoal, e da preferência por incorporar o arco dramático antes de estudar os diálogos. Cássia Kiss, por sua vez, questiona a palavra interpretar, porque para ela o correto é viver. Mise en Scène: A Artesania do Artista é um mergulho breve na universo da dramaturgia, tem pouco mais de 70 minutos, mas envolve o espectador no desvendar da concepção de um personagem, um processo angustiante, energético, catártico, subjetivo e racional, tudo isso junto e muito mais. 




Trailer

Ficha Técnica

Título: Mise en Scène: A Artesania do Artista
Direção: Manuh Fontes
Duração: 71 minutos

País de Produção/Ano: Brasil, 2020
Elenco: Antônio Fagundes, Zezé Motta, Camila Pitanga, Dira Paes, Marco Nanini, Gabriel Leone, Cassia Kis, Maytê Piragibe, Bruno Fagundes
Distribuição: Globoplay

Assista Agora!
Globoplay

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!