quarta, 17 de agosto de 2022
Cinema Animação

Lightyear


Lightyear
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

As ações para alavancar a carreira de Lightyear nos cinemas estão fortes. A Disney e a Pixar se uniram ao Twitter Next para celebrar o filme de origem de Buzz. Em parceria com a empresa Sent Into Space, criaram a campanha #MissãoLightyear. As publicações de pessoas do Brasil e de outros países foram exibidas direto da órbita, e podem ser vistas em vídeo publicado pelo perfil da Walt Disney Studios Brasil no Twitter DisneyStudiosBR. A polêmica do beijo lésbico também colocou a animação nas manchetes, depois que pelo menos 14 países da Ásia e do Oriente Médio baniram a produção pela cena.

Lightyear

Mais: a Cinépolis anunciou que neste sábado, 25 de junho, todas as unidades da rede exibirão Lightyear em sessões adaptadas a pessoas com Transtorno do Espectro Autista (TEA) e outras síndromes, transtornos ou doenças que acarretem hipersensibilidade sensorial em geral. Isso sem contar a coleção com centenas de produtos temáticos, entre brinquedos, roupas e calçados, materiais escolares e livros que invadiram as prateleiras para atrair a garotada. O esforço se explica pelo magro faturamento na abertura norte-americana, com parcos US$ 50 milhões. Para se ter ideia, Toy Story 4 abriu com mais de US$ 120 milhões.

Lightyear

O início é animador. O letreiro anuncia que Andy, o garotinho de Toy Story, ficou fascinado pelo personagem e comprou o brinquedo do astronauta depois de ver a animação que está para começar. A trama é uma aventura de ficção científica que acompanha o lendário patrulheiro espacial após uma missão acidentada que o deixa preso em um planeta hostil a 4,2 milhões de anos-luz da Terra. A seu lado ele tem a comandante e um estagiário. Buzz pretende encontrar um caminho de volta para casa através de viagens no espaço tempo, mas se para ele as tentativas duram minutos, para os que ficaram em solo passam-se anos. Esse loop temporal é o que movimenta a história.

Lightyear

Às tantas, um grupo de recrutas atrapalhados se oferece para ajudá-lo, e quem rouba a cena é Sox, o gato-robô que faz os comentários mais inspirados. Além de Buzz, o vilão Zurg é o único outro personagem de Toy Story a dar as caras. A versão original conta com a voz de Chris Evans (Capitão América) como o herói, e Marcos Mion faz a dublagem nacional. A origem da antológica expressão “ao infinito e além” é bonitinha, assim como todo o filme. Mas é pouco para o aguardado spin-off da franquia iniciada em 1995 como a pedra fundamental da Pixar, e cujas quatro partes fizeram juntas mais de US$ 2,8 bilhões nas bilheterias mundiais.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Lightyear
Direção: Angus MacLane
Duração: 0 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2022
Elenco: Com as vozes originais de, Chris Evans, Keke Palmer, Taika Waititi, Peter Sohn, James Brolin
Distribuição: Disney

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!