quarta, 17 de julho de 2024
Cinema Ação Mistério

Hypnotic – Ameaça Invisível


Hypnotic – Ameaça Invisível
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Robert Rodriguez é o cara que divertiu a garotada com a franquia Pequenos Espiões, e os adultos com humor ácido e doses cavalares de violência em filmes queridinhos. Entre eles A Balada do Pistoleiro (1995), com Antonio Banderas (1995), e Um Drink no Inferno (1996), que reuniu Quentin Tarantino, George Clooney e Salma Hayek. No século 21, realizou a impecável adaptação dos quadrinhos de Frank Miller em Sin City – A Cidade do Pecado (2005) e fez poesia no universo digital com a ciborgue Alita: Anjo de Combate (2019). Não tinha como ficar indiferente a Hypnotic – Ameaça Invisível, com uma dupla central formada por Ben Affleck e a nossa Alice Braga.

Hypnotic – Ameaça Invisível

O diretor escreve o roteiro original com Max Borenstein, que reinventou Godzilla e King Kong na série de filmes MonsterVerse. “Dez minutos depois de criar o título, desenvolvi a base da trama: um vilão que poderia tirar tudo o que quisesse de você, ir embora e você nem saberia que o conheceu", disse Rodriquez em entrevista. Então vamos lá, com boa vontade... Ben Affleck é o policial traumatizado pelo desaparecimento da filha, que estava sob seus cuidados em um parque. Alice Braga é uma cigana modernosa, a quem ele procura depois de ser ludibriado por um homem misterioso (William Fichtner), que pode saber o paradeiro da menina. Mas nada é o que parece porque o sujeito é um hipnótico com poderes para fazer o detetive enxergar uma realidade ilusória. Instigante? Sim, pelo menos a princípio.

Hypnotic – Ameaça Invisível

A dupla une forças para investigar o vilão de olhar fixo, que faz uma mulher sentir calor a ponto de tirar a roupa no meio da rua, e uma gerente de banco roubar um carro forte durante um assalto. Para criar a realidade entortada de Hypnotic, o cineasta faz uma recauchutagem barata de temáticas e estéticas que deram forma às obras de arte de Christopher Nolan, Amnésia (2000), A Origem (2010) e Tenet (2020). E dá-lhe Ben Affleck canastrão olhando para imagens que se desconstroem em uma trama que, quanto mais se explica, mais se complica.

Hypnotic – Ameaça Invisível

É compreensível que Alice Braga tenha se entusiasmado com o projeto, era muita gente boa reunida, mas sua personagem é tão rasa quanto o resto do filme. Nem mesmo o caso da garotinha sumida consegue emocionar. Não há timing de ação, de drama, de efeitos especiais, de romance, de nada. E pode se preparar para a estapafúrdia e risível explicação da teoria conspiratória que envolve os hipnóticos. Na arte da ilusão, fique com a trupe de picaretas liderada por Woody Harrelson em Truque de Mestre, onde o mirabolante, pelo menos, faz sentido.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Hypnotic – Ameaça Invisível / Hypnotic
Direção: Robert Rodriguez
Duração: 93 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2023
Elenco: Ben Affleck, Alice Braga, William Fichtner
Distribuição: Diamond Films

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!