terça, 30 de novembro de 2021
Cinema Ação Drama

Eternos


Eternos
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

A cineasta chinesa Chloé Zhao havia acabado de fazer história no Oscar quando foi anunciada pela Marvel como a diretora de Eternos. Ela estava no auge, depois de se tornar a primeira asiática e a segunda mulher a conquistar a estatueta de melhor direção, por Nomadland - Kathryn Bigelow ganhou por Guerra ao Terror. Até então, Chloé era conhecida por seu cinema independente e autoral, mas a verdade é que foi ela quem acenou à Disney com o desejo de comandar uma produção da Marvel. Inclusive contou em entrevista à revista Elle que fez “teste” com o próprio presidente do estúdio, Kevin Feige. A pergunta que fica no ar: será que ele se arrepende da contratação? Porque Eternos amarga 51% de aprovação no Tomatometer do site Rotten Tomatoes, a cotação mais baixa de todos os filmes do Universo Cinematográfico Marvel (MCU) até agora.

É tão ruim assim? Não. Mas é um corpo estranho entre os blockbusters da franquia. Assim como Nomadland, os outros dois longas de Chloé, Songs My Brothers Taught Me (disponível no MUBI) e Domando o Destino (disponível na Netflix), são obras dramáticas, líricas e contemplativas, focadas em pessoas comuns. Ao ritmo lento soma-se a fotografia, essa sim sempre grandiosa no registro do esplendor da natureza. A diretora adora um pôr do sol, e há inúmeros em Eternos. Mas desta vez eles ganham simbolismo, pois o pano de fundo da trama é a ameaça do crepúsculo não do sol, mas do nosso planeta.

Eternos

O enredo é inspirado nos quadrinhos criados por Jack Kirby em 1976. Os Eternos são super-heróis imortais do planeta Oympia, que há mais de 7 mil anos foram enviados para a Terra por Arishem, membro da poderosa entidade cósmica Celestials. A missão é salvar os humanos dos predadores Deviantes, criaturas devoradoras de gente que vira e mexe dão as caras por aqui. Qualquer outra intervenção, como evitar guerras e pandemias, é proibida por influenciar nosso processo evolutivo. Então os Eternos só observam o jeito terráqueo de ser. Algumas vezes ficam horrorizados, outras maravilhados.

Eternos, o filme, é parte de um movimento de inclusão de personagens fora do alto escalão da MCU. Este ano conhecemos o super-herói asiático Shang-Chi, apresentado em um ótimo filme de origem, Shang-Chi e a Lenda dos Dez Anéis. Os dez eternos são encarnados por um elenco estelar. Destaque para Salma Hayek como Ajak, a matriarca, Angelina Jolie como a guerreira Thena, Richard Madden na pele de Ikaris, a grosso modo um primo do Superman, e sua cara metade, Sersi, vivida por Gemma Chan. Como o fator humano é o norte primordial do cinema de Chloé, ela trata sua trupe alienígena como uma família disfuncional.

Eternos

A narrativa promove longas viagens temporais para ilustrar a trajetória deles na Terra desde os primórdios da humanidade, e em paralelo revela como cada um tem vivido no presente – o mundo restaurado pós-Thanos. Um formou família, outro virou líder de seita, e tem até Eterno astro de Bollywood. A calmaria termina com novos ataques de Deviantes, que demandam uma reunião emergencial do grupo. Dramaturgicamente, o reencontro significa também lidar com diversas pendências entre eles. O escopo é epico visualmente e no existencialismo que embala a presença dos Eternos no planeta. É preciso embarcar em divagações shakespearianas, porque a diretora leva tudo a sério demais.

Há alívios cômicos, no geral centrados no vaidoso Kingo (Kumail Nanjiani), mas é um humor inserido cirurgicamente, sem espontaneidade. Chloé tem dificuldade em pegar leve, o que não seria um problema tão grande se compensasse nas cenas de ação que, afinal, são a cereja do bolo dos filmes da Marvel. Mas não. Os efeitos especiais são genéricos, as lutas burocráticas e falta um ápice de tirar o fôlego. Ainda assim, o elenco é carismático e segura as pontas nas 2 horas e 37 minutos de duração. Eternos não é um filme ruim, apenas meio aborrecido. Em tempo: há duas cenas pós-crédito.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Eternos/Eternals
Direção: Chloé Zhao
Duração: 157 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2021
Elenco: Salma Hayek, Angelina Jolie, Richard Madden, Gemma Chan, Kit Harington, Lia McHugh, Lauren Ridloff, Barry Keoghan, Brian Tyree Henry, Kumail Nanjiani
Distribuição: Marvel Studios

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (1)

Ordenar Por
Tema: Eternos
4/5 (1)
 
Gravatar
Novo
Frankie Roncon
Gravatar
1
0
0
Nov 2021
Primeiro
Frankie Roncon diz...

Sempre é bom ler alguém que realmente ama cinema.

Admin:

Obrigada querido!!!!!

Página 1 de 1