quarta, 17 de agosto de 2022
Cinema Comédia Dramática

Boa Sorte, Leo Grande


Boa Sorte, Leo Grande
Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

A comentada cena de nudez frontal de Emma Thompson em Boa Sorte, Leo Grande levantou a lebre sobre a aceitação do próprio corpo e os desafios impostos pelos padrões de beleza. O filme está nos cinemas, mas tem assumido formato teatral – dos bons, vale dizer. Nas redes sociais já se discute até se Jennifer Lopez deveria esbanjar sua magnífica beleza aos 53 anos em ensaios fotográficos sensuais, e dificultar a vida das “reles mortais” que encaram a implacável força gravitacional no corpo maduro. Bobagem.

Boa Sorte, Leo Grande

Na trama, a consagrada Emma vive a desanimada Nancy, uma professora aposentada, viúva, que contrata um garoto de programa na esperança de ter o primeiro orgasmo. Com vinte e muitos anos, Leo Grande se descreve como “terapeuta sexual”. Seu intérprete, Daryl McCormack (da série Peaky Blinders), tem o feminino e o masculino pulsando em sintonia dentro de si. Uma escalação acertada, porque um Don Juan machão não serviria para romper o casulo dessa mulher que coleciona barreiras internas e tabus. Não se engane quem espera cenas de sexo picantes, porque a narrativa se sustenta basicamente nos duetos verbais que acontecem em uma série de quatro encontros no quarto de um hotel.

Boa Sorte, Leo Grande

Boa Sorte, Leo Grande é um filme feminino, não feminista. Dirigido com sensibilidade por Sophie Hyde, o roteiro de Katy Brand ronda a comédia, embora os temas abordados de engraçado tenham pouco. Porque Nancy toma consciência de que se deixou levar pelas circunstâncias da vida em vez de vivê-la. Claro que eles falam de sexo, de fantasias, fazem jogos de sedução, mas tudo parece uma provação para essa personagem constrangida consigo mesma. Embora a descoberta do prazer esteja no centro da trama, é instigante observar como o irônico desaponto com que descreve o casal de filhos aciona o gatilho emocional do acompahnante.

Boa Sorte, Leo Grande

A pressão e a expectativa que os pais depositam sobre os filhos provoca estragos muitas vezes insuperáveis. Leo Grande é nome de profissão, mas também a blindagem que o protagonista ergueu para a sua cartela de dissabores familiares. Enquanto sua missão é romper as barreiras para Nancy finalmente gozar, ela quer acessar o homem por trás da máscara. É dessa ponte entre almas sofridas, da troca de experiências, de crises e de aprendizados mútuos que se forma o estofo dessa obra que entrega mais do que promete.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Boa Sorte, Leo Grande/Good Luck To You, Leo Grande
Direção: Sophie Hyde
Duração: 97 minutos

País de Produção/Ano: Reino Unido, 2022
Elenco: Emma Thompson, Dary McCormack, Isabella Laughland
Distribuição: Paris Filmes

Garanta seu Ingresso!
Ingresso.com

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!