domingo, 11 de abril de 2021

Era uma Vez um Sonho


Era uma Vez um Sonho
Assista Agora!
Netflix

O mais recente trabalho de Ron Howard (Rush: No Limite da Emoção) foi rechaçado pela crítica norte-americana quando estreou na Netflix. As indicações de Glenn Close para o Globo de Ouro de melhor atriz coadjuvante e de Glenn e da protagonista Amy Adams para o prêmio SAG (Liga dos Atores de Hollywood) recolocaram o filme em evidência. Era uma Vez um Sonho é a adaptação do romance homônimo de J.D. Vance.

Na tradução brasileira vem acompanhado do subtítulo Baseado na comovente história real de uma família e uma sociedade em crise. No original, o título Hillbilly Elegy poderia ser traduzido por Elegia Caipira, denotando a população do interior mais rural e montanhoso do país, e o subtítulo, literalmente, por Memória de uma família e uma cultura em crise. Pode parecer pouco, mas neste caso as divergências da tradução, à parte o seu caráter evidentemente mais comercial, são determinantes para uma melhor compreensão do filme.

Nos Estados Unidos, o livro autobiográfico de Vance tornou-se um best-seller de cunho político, por descrever uma parte significativa da população marcada por valores mais tradicionais, tendendo ao conservador, e seu impacto potencial no desenho da América de Trump. O diretor Ron Howard teria subtraído a implicação política na sua versão da história, o que lhe rendeu duras críticas. Mas o cinema, como toda arte, aliás, sugere mais do que afirma, e confia na sensibilidade de seu interlocutor para ampliar os sentidos possíveis da obra.

J.D. (Owen Asztalos/Gabriel Basso) narra em primeira pessoa sua vida da infância (Owen Asztalos) à juventude (Gabriel Basso) em três tempos que se alternam no filme. As primeiras sequências são de lembranças felizes da infância nos Apalaches, no Kentucky, origem de sua família, que agora vive em Ohio, para onde os avós fugiram por causa de uma gravidez precoce. Sua mãe, Beverly (Amy Adams, A Chegada) foi pelo mesmo caminho da avó, e herdou do pai o vício, não em bebidas, mas em drogas.

Menino, J.D. sofreu abusos e teve de conviver com os namorados e a instabilidade da mãe. Foi sua avó Mamaw (Glenn Close, A Esposa) quem finalmente o acolheu e ajudou com os estudos, enquanto ele a ajudava com as despesas. J.D. deixou a mãe aos cuidados da irmã mais velha, Lindsay (Haley Bennett, Missão no Mar Vermelho), serviu a Marinha e trabalha para manter o curso de direito na prestigiada universidade de Yale. Agora, na semana de entrevistas para estágios, decisiva para J.D. continuar os estudos, Beverly é internada por overdose de heroína, e a irmã pede ajuda.

A roteirista Vanessa Taylor, indicada ao Oscar por A Forma da Água, inseriu nos diálogos e na ambientação da história detalhes preciosos da “cultura em crise”do subtítulo original. São eles que traduzem o cotidiano, o abandono e as dificuldades de trabalho e de sobrevivência dos “caipiras” brancos norte-americanos, onde nitidamente se destaca a subserviência feminina, apesar das personalidades fortes das personagens.

Ron Howard, como de costume cercado por uma produção competente, preferiu investir no apelo comovente da história de JD. Se excedeu na escala dramática que suas ótimas atrizes podem alcançar e na caracterização das personagens, mesmo sendo fiéis às Mamaw e Beverly da vida real. É um revés que compromete a empatia e artificializa a emoção, mas não tira o mérito do relato do J.D. ficcional sobre as raízes culturais de sua origem, que também são de seu país.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Era uma Vez um Sonho/Hillbilly Elegy
Direção: Ron Howard
Duração: 116 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2020
Elenco: Amy Adams, Glenn Close, Gabriel Basso, Owen Asztalos, Haley Bennett, Freida Pinto
Distribuição: Netflix

Assista Agora!
Netflix

Compartilhe!

Fátima Gigliotti

Fátima Gigliotti

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista, editora, professora (não muito), crítica (chatinha) de cinema e audiovisual. Trabalhou no jornal A Folha de São Paulo, na coleção Cinemateca Veja, nas revistas TVA, Ver Vídeo, Set, Querida e Preview.

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!