domingo, 11 de abril de 2021

Sou Sua Mulher


Sou Sua Mulher
Assista Agora!
Amazon Prime Vídeo

Jean não sabe fritar um ovo, mas é uma mulher bonita, bem cuidada, mora em uma casa espaçosa e moderna. O marido, Eddie, nunca está ali, mas ela não se queixa. Na verdade não questiona nada, embora saiba que o ramo de atuação dele não é lícito. Jean é passiva a ponto de não indagar a origem do bebê que Eddie um dia traz nos braços, com o anúncio de que o pequeno Harry será o filho do casal. Essa incômoda pacatez é quebrada uma noite, quando um estranho comunica que ela precisa sair dali voando, que será protegida por um tal Cal, que Eddie está desaparecido, mas deixou-lhe uma mala de dinheiro.

Sou Sua Mulher é ambientado nos anos 70, na efervescência da emancipação feminina e do movimento Black Power, nos finalmentes da Guerra do Vietnã. Na música, Aretha Franklin soltava a voz em seu hino “Respect” e embalava as mulheres com “(You Make Me Fell Like a) Natural Woman”. No cinema, a pura Kay (Diane Keaton) descobria a sordidez da família de seu amado Michael Corleone (Al Pacino), em O Poderoso Chefão, de Francis Ford Coppola. Pois foi justamente essa personagem, forçada a tomar as rédeas da própria vida, uma das fontes de inspiração para a diretora Julia Hart (A Extraordinária Garota Chamada Estrela) escrever esse drama criminal, em nova parceria com o marido, Jordan Horowitz (produtor de La La Land).  

Vivida pela ótima Rachel Brosnahan, premiada pela série Maravilhosa Sra. Maisel, Jean aceita a proteção de Cal (Arinzé Kene), que a acomoda em outra casa. Ela tenta seguir a rotina, à base de alimentos congelados, ao lado do bebê Harry e à espera de notícias de Eddy (Bill Heck). A diretora arma situações de intenso suspense. A melhor delas: a visita de uma vizinha idosa, que pode estar ali a mando do inimigo. O perigo é real e imediato, e a protagonista é obrigada a sair do ponto morto e entrar em ação para sobreviver.

O cerco se fecha e uma nova troca de esconderijo a coloca em contato com a família de Cal, cuja esposa, Teri (Marsha Stephanie Blake, série Olhos que Condenam), é muito mais empoderada do que aparenta. A sororidade também está no ar em Sou Sua Mulher, que entrega boas cenas de ação. Só não peça complexidade no enredo policial, que serve de terreno para o florescer de Jean. Ela pode terminar o filme ainda incapaz de fritar um ovo, mas não há rastro da dondoca do início.




Trailer

Ficha Técnica

Título: Sou Sua Mulher/I am Your Woman
Direção: Julia Hart
Duração: 120 minutos

País de Produção/Ano: EUA, 2020
Elenco: Rachel Brosnahan, Marsha Stephanie Blake, Arinzé Kene, Bill Heck, Marceline Hugot
Distribuição: Amazon Prime

Assista Agora!
Amazon Prime Vídeo

Compartilhe!

Suzana Uchôa Itiberê

Suzana Uchôa Itiberê

Posts do Autor

Cinéfila incorrigível, jornalista de plantão, crítica de cinema (não muito) chatinha e editora caprichosa. Cria do jornal O Estado de S. Paulo, trabalhou nas revistas TVA, Set, Istoé Gente e foi cofundadora da revista Preview. Membro da Abraccine (Associação Brasileira de Críticos de Cinema).

Comentar

* Informação requerida
1000
Iamgem do Captcha

Comentários (0)

Nenhum comentário ainda. Seja o primeiro!